Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

De Sedentário a Maratonista

A motivação também se treina!

Dom | 10.07.16

O que é que me motiva?

José Guimarães
Hoje fui andar de bicicleta. Já não andava de bicicleta há uns 3 meses (mais?). O convite veio meio por acaso, depois de uma corrida que não cheguei a fazer com o João e durante uma visita a uma loja de bicicletas com o Nuno. O bichinho das duas rodas estava adormecido, mas despertou novamente. Senti-me motivado porque me convidaram para fazer uma coisa que gosto. E, dessa forma, fui fazê-la com gosto e com quem também gosta. E isso dá motivação. Mas a motivação nem sempre existe. Já alguma vez se sentiram sem motivação até mesmo para treinar? Já alguma vez pensaram no que é que poderiam ter feito nesses momentos para ter mais motivação?

O que é a motivação?

Motivação é o processo mental que nos impulsiona, sustenta e conduz para fazermos o desporto que gostamos (seja para treinar, para competir, para gerir as adversidades, etc). Há dois tipos de motivação no desporto: a motivação extrínsica e a motivação intrínseca. A motivação extrínseca vem de fontes externas, como dinheiro e outras recompensas materiais, como troféus ou medalhas. Mas também pode incluir bens intangíveis, como reconhecimento e louvores, o que pode ser suficiente para motivar um atleta. A motivação intrínseca é a que vem de dentro de nós. É o desejo natural de superar os desafios e sentir prazer numa conquista pessoal, fatores que conseguem relembrar a um atleta as razões de praticar um determinado desporto. Idealmente, a melhor forma de nos motivarmos é sem dúvida através dos fatores intrínsecos. É o tipo de motivação que, na minha opinião (e na minha pessoa), melhor nos pode preparar para manter um nível mais constante durante o caminho que escolhemos. Vão sentir-se mais focados. Vão sentir-se menos stressados, mesmo quando quando falharem. Vão sentir-se mais confiantes. E - mais importante - vão desfrutar mais do desporto que praticam. Como eu fiz hoje :) Assim, eu motivo-me porque estou sempre a traçar objetivos desafiantes, mas realistas. E porque em cada treino ou prova em que participo, desafio-me a melhorar um aspeto que seja da minha performance (seja a técnica, um desafio físico, ou um desafio mental). Eu motivo-me porque procuro fazer desporto pelas razões certas: principalmente porque gosto! E porque, mesmo quando não o faço sozinho, rodeio-me de pessoas que o fazem da mesma forma que eu. E até em casa encontro quem me apoie neste sentido - é tão desafiante e motivador um treino no ginásio com ela :) Principalmente se estão no início, procurem o mesmo tipo de motivação e vão ver como vão conseguir tirar mais partido de tudo o que fizerem. Sempre! E deixem-se de pressões. Se uma vez ou outra não conseguirem atingir aquilo que queriam, lembrem-se do "que se foda" do Cristiano Ronaldo! Aprendam a levantar-se e a tentar novamente, as vezes que forem necessárias. Vamos a isto?