Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

De Sedentário a Maratonista

A motivação também se treina!

Qua | 23.05.18

As minhas novas experiências com massas

José Guimarães

20180513_140623_edited.jpg

 

Não é a primeira vez que escrevo aqui no blog sobre carbohidratos (hidratos de carbono). Já fiz posts sobre a importância dos carbohidratos corretos na rotina de um atleta (e não só), já partilhei curiosidades interessantes sobre os carbohidratos que toda a gente devia saber (a minha tentativa de fugir às modas e pensar da maneira mais correta) e também já partilhei convosco algumas estratégias de nutrição para o dia das provas, nas quais obviamente incluí o tema dos carbohidratos.

 

Agora venho tocar novamente neste tema, pois encontrei uma novidade interessante da conhecida marca portuguesa Milaneza (quem não comeu já umas massinhas Milaneza, hein?), que são massas integrais (até aqui nada de novo), mas com fibra de aveia.

 

E se escrevo sobre massas, volto claramente ao tema dos carbohidratos. Só que desta vez isto traz-me a um outro tema que também já aqui abordei, que é o da aveia e a sua influência na vida de um atleta... ou, no meu caso mais direto, de um corredor. Já vão perceber a ligação.

 

A utilização das massas como fonte de carbohidratos deve ser das coisas mais comuns de se ver na mesa de um atleta. Normalmente é um prato barato, fácil de confecionar (seja por alguém experiente na cozinha, ou até mesmo por quem não percebe nada do tema) e, além do mais, serve como fonte fácil de carbohidratos, sendo por isso o prato de seleção no dia anterior a uma prova.

 

Nesta novidade da Milaneza que aqui vos trago (e apesar da massa integral não ser propriamente uma novidade), achei particularmente interessante a adição da fibra de aveia, já que esta é potencialmente capaz de algumas funções muito úteis no que toca a uma utilização mais "sensata" e moderada dos pratos de massa. 

 

Principalmente para quem quer controlar o seu peso (e consequentemente o apetite) e pratica exercício físico regularmente (e que por isso tem mesmo que ingerir carbohidratos), a fibra de aveia torna-se útil, pois é capaz de promover a sensação de saciedade, reduzindo assim o apetite, além de ajudar na regulação do trânsito intestinal. Ao contrário de uma massa normal e praticamente sem fibra, esta massa, além de ser integral, contém a fibra de aveia, fornecendo assim os carbohidratos da forma mais correta, e minimizando ainda os picos de glicémia (tanto para cima, como depois para baixo), os quais poderiam até estimular a fome.

 

E sim, já experimentei! E até mesmo com a receita mais simples (a minha escolha foi fazer um belo do molho de tomate all'arrabiata) o sabor surpreendeu pela positiva. Infelizmente não o posso partilhar, mas fica o meu testemunho e a fotografia no destaque deste artigo.

 

Bom apetite... e boas corridas!

Ter | 08.05.18

Porque corremos?

José Guimarães

corridasolidaria-goall-ajudadeberco_desedentarioam

 

Ultimamente tenho-me deparado com alguns amigos que me perguntam "então e provas?". Quer isto dizer que esperam ver-me em provas, a correr rumo a uma meta colocada num sítio qualquer, para chegar ao fim e ficar contente e satisfeito (ou não) com a minha prestação.

 

Mas confesso que ultimamente esta meta nas corridas me tem deixado um bocado aborrecido. Assim como quem depois de cortar a meta se pergunta "então e agora?". E aí parece que falta mais qualquer coisa. Algo mais que faça a diferença. Para mim, ou para quem precise dessa diferença.

 

É por isto que hoje decidi vos trazer aqui, meio embrulhado neste título, o tema da 1ª Corrida Solidária Goall - Ajuda de Berço. A Goall (Wellness) é o ginásio onde muito recentemente comecei a trabalhar, fruto do meu curso de Técnico de Exercício Físico da Manz. É onde aprendo cada dia a contribuir para um mundo melhor... e mais saudável. Como tal, decidimos este ano organizar a primeira ação de solidariedade, totalmente altruísta, com o objetivo único de contribuir para uma causa que nos parece necessitar de pequenos grandes gestos desta natureza: a Ajuda de Berço. Esta instituição necessita todos os dias de vários bens, os quais certamente terão muitas dificuldades em conseguir obter, tendo em conta a diversidade e quantidade dos mesmos.

 

Assim, o objetivo da Goall é juntar pessoas interessadas em contribuir para esta instituição, comemorando a ação com uma atividade tão saudável e simples de praticar como uma corrida. E quem diz uma corrida (sem cariz competitivo, ok?) diz uma caminhada (para assim poderem aparecer pessoas que correm e pessoas que não correm). A data em que esta corrida vai acontecer é dia 26 de maio de 2018, às 10h00, no Parque das Nações, em frente à Goall (perto da Torre Vasco da Gama - Hotel Myriad).

 

A inscrição pode ser feita no link https://goo.gl/forms/OhnzCa0O1DjKUwbG2

 

Os €5 do valor de inscrição são feitos por transferência bancária, diretamente para o IBAN da Ajuda de Berço (PT50 0033 0000 0208 8437 7653 6) e o comprovativo enviado depois para o email info@goall.pt

 

Certamente muitos de vós já participaram noutras corridas solidárias e esta não será muito diferente. É para mim, porque é organizada pela casa onde trabalho e sai em prol de uma causa que eu sei que necessita (e muito) desta ajuda. E sim, também é por isto que eu gosto de correr. Há coisa melhor do que fazer o que mais gostamos e ajudar os outros com isso?

 

Portanto, mesmo que no dia 26 de maio não possam participar, inscrevam-se, façam o donativo e passem na Goall quando puderem para levantar a vossa tshirt. É o mínimo que podemos fazer. E se cada um de nós fizer um pouco, o mundo amanhã vai certamente acordar um pouco melhor! :)